LVI JOGOS FLORAIS DE NOVA FRIBURGO – 2015

 

LVI JOGOS FLORAIS DE NOVA FRIBURGO – 2015

Trovas do Concurso Paralelo Nacional – Tema FONTE

Vencedoras (por ordem alfabética de autores):

Suspira de novo a fonte,
agora livre de risco:
um sonho que fez a ponte
Rodolpho – Otávio – Francisco!
Antonio Augusto de Assis – Maringá/PR

Cantas, fonte, e eu me enterneço
e os sonhadores também:
voltaste ao mesmo endereço
graças ao sonho de “alguém”!
Darly O. Barros – São Paulo/SP

A fonte que se renova
aos poetas sonhadores,
é  fonte viva da trova
no berço dos trovadores!
Dulcídio de Barros Sobrinho – Juiz de Fora/MG
Num pedido concentrado,
Que só de anseios se fez,
O sonho é enfim realizado…
E a Fonte nasce outra vez!
Gilvan Carneiro – São Gonçalo/RJ

Amor, Saudade e Ciúme…
E as bicas voltam a expor
não as águas do queixume,
mas, sim, as águas do amor!
Olympio da Cruz Coutinho – Belo Horizonte/MG
————————————————–

VI JOGOS FLORAIS DE NOVA FRIBURGO – 2015
Concurso Local – Tema FONTE

Vencedoras (por ordem alfabética de autores):

À nova fonte eu proponho
de amor um brinde irrestrito…
Quem reconstrói velho sonho,
faz o novo mais bonito!
Edmar Japiassú Maia

Nova Fonte, nova Praça,
tem gente feliz no céu.
Friburgo já tem mais graça…
Rodolpho… mais um troféu!
Elisabeth Souza Cruz

De amor, ciúme e saudade
não lamenta mais o povo…
Para a nossa realidade
suspira a fonte de novo!
Ivone Marques Moreira

Há muitas fontes e a vida
sempre em gotas se renova,
quando faz na despedida
nascer uma fonte nova!
Joana D´arc da Veiga

Com tijolos de SAUDADE
a FONTE se reconstrói…
e é tanto o AMOR da cidade
que nem o ciúme destrói!
João Batista Vasconcellos
———————————————-


Vencedoras (por ordem alfabética de autores):

Tema – VOZ DA SERRA – Nacional

Honra e glória à “A VOZ DA SERRA”:
sete décadas de amor.
– Em cada edição que encerra,
nova luz leva ao leitor!
Antonio Augusto de Assis – Maringá/PR

“Se tentas” ouvir de novo
a voz de Deus sobre a Terra,
voz de Deus é a voz do povo,
voz do povo é A VOZ DA SERRA!
Austregésilo de Miranda – Senhor do Bonfim/BA

Virtual, tornou-se grande,
A VOZ DA SERRA é o perfil
desse jornal que se expande
e chega em todo o Brasil!
Eliana Jimenez – Camboriú/SC

Setenta anos! E entre nós,
no esplendor do dia a dia,
da serra é que vem a voz
que A VOZ DA SERRA anuncia!
Gilvan Carneiro – São Gonçalo/RJ

Sete décadas de história,
arauto vivo da “Serra”,
é “A Voz”, uma voz notória
da imprensa de nossa terra!
Vanda Fagundes Queiroz – Curitiba/PR
—————————————–

LVI JOGOS FLORAIS DE NOVA FRIBURGO – 2015
Trovas do Concurso Paralelo Local – Tema VOZ DA SERRA

O Jornal “A VOZ DA SERRA”
tem ética na linguagem.
Sua voz é luz que encerra
fé, notícias e coragem!
Cecília Patty Silveira/NF

Na história que se descerra,
com “setenta” está mais novo:
– Sempre mais A VOZ DA SERRA,
muito mais a voz do povo!
Elisabeth Souza Cruz/NF

Parabéns ao setentão,
o jornal A VOZ DA SERRA,
de Friburgo é o coração
dando voz à nossa terra!
Ivone Marques Moreira/NF

A voz que se faz vibrante,
com trabalho e honestidade,
A VOZ DA SERRA é um gigante
em defesa da cidade!
João Batista Vasconcellos/NF

Setenta anos, quanta glória,
festeja o nosso Jornal.
A VOZ DA SERRA é na história
patrimônio cultural!
Therezinha Tavares/NF
==============================
ÂMBITO NACIONAL – VETERANOS

VENCEDORAS – TEMA HERANÇA

1º  LUGAR
Eu sei, meu pai, te entristece
eu nada ter como herança.
Meu velho, o que me enriquece
tu me dás desde criança!
Gilvan Carneiro da Silva –  São Gonçalo/RJ

2º  LUGAR
Morre o amor…e, em árduas cenas,
toda a herança que eu carrego
é a dor de ter sido apenas
um descuido do seu ego.
Manoel Cavalcante –  Pau dos Ferros/ RN

3º  LUGAR
Com os despojos, partiste.
E eu, sem herança, cativo,
entoo meu canto triste
no  triste canto em que vivo.
Relva do Egypto Rezende  – Belo Horizonte/ MG

4º  LUGAR
Humana forma de agir
que o juízo não alcança:
Juntar sem usufruir,
depois deixar como herança.
Gerson Silvestre Alencar  – Belo Horizonte/MG

5º LUGAR
De meu pai herdei o nome,
de minha mãe, a doçura…
Da pobreza herdei a fome,
a minha herança mais dura!
Renato Alves – Rio de Janeiro – RJ
MENÇÕES HONROSAS – TEMA HERANÇA   (por ordem alfabética de autores):

Vencida pela queimada,
ante o meu olhar aflito,
ganha a terra calcinada
uma herança de granito.
Adilson Maia – Niterói /RJ

Abrindo o baú de heranças,
pondo um traje de arrebol,
a tarde esbanja as nuanças
das cores no pôr do sol…
Austregésilo de Miranda – Senhor do Bonfim/BA

Ao chegares, mocidade,
sonhei que não tinhas fim…
Porém partiste e a saudade
herda metade de mim!
Elen de Novais Felix – In Memoriam

Para meu filho sou rei,
mas creio que, na verdade,
foi desse filho que herdei
um pouco de majestade!
José Antônio de Freitas – Pitangui/MG

Caminha, evitando o entulho
deste mundo…e o jovem vai
levando, onde passa, o orgulho
da honra…que herdou do pai!
Therezinha D. Brisolla – São Paulo/ SP

MENÇÕES ESPECIAIS – TEMA  HERANÇA      (por ordem alfabética de autores):

Em convivência contigo
descubro a força do bem…
Quem cultiva um grande amigo
ganha uma herança também!
Elen de Novais Felix – In Memoriam

A mais preciosa herança
que a vida, de graça, lega,
é ver acesa a esperança
de quem aos sonhos se entrega.
Herbete Felipe Silveira  – Natal/RN

Por mais que um sonho distorça,
herdei, meu pai, os teus brios,
e esta herança me dá força
para enfrentar desafios!
Maria de Fátima Soares – Juiz de Fora/MG

É um velho lar meu legado
onde o amor gerou bonança
e pôs um filho ao meu lado
multiplicando essa herança.
Rita Mourão – Ribeirão Preto/ SP

Do indizível, mensageiros,
tendo a luz que os ilumina,
poetas são os herdeiros
de uma centelha divina.
Wanda de Paula Mourthé – Belo Horizonte/ MG
=====================

NOVOS TROVADORES – TEMA HERANÇA

VENCEDORES (Ordem Alfabética)

Se o filho no pai descobre
o exemplo que vivifica,
pode o pai ser o mais pobre,
mas deixa a herança mais rica!
Carlos Henrique Alves – Senhor do Bonfim- BA

Os ventos do mar, bravios,
contam casos aos coqueiros
de naufrágios de navios
e de heranças sem herdeiros…
Clovis Wilson de Mattos – Senhor do Bonfim- BA

Só ruínas… e mais nada…
– e me entristeço de novo –
Na herança mal preservada
se perde a história de um povo.
Luzia Brisolla Fuim – São Paulo – SP
=================================================

CONCURSO DE ÂMBITO NACIONAL/INTERNACIONAL

VENCEDORES – TEMA GRANA

1º LUGAR
-Me empresta cem?  – Nem por alto!
-Vinte!  – Eu já disse: não tem!
– Passe a grana: isto é um assalto!
– OK, eu te empresto os cem!
  José Ouverney – Pindamonhangaba – SP

2º LUGAR
Ando tão curto de grana
que preciso me cuidar:
quando almoço uma banana,
guardo a casca pro jantar…
Milton Souza – Porto Alegre – RS

3º LUGAR
A minha empregada boa
que lava, cozinha e arruma,
faz de graça o que a patroa
não faz por grana nenhuma!
Arlindo Tadeu Hagen – Juiz de Fora- MG

4º LUGAR
Foi-se a grana e o delegado
quer saber quem afanou.
E o bebum, interrogado:
– Não fui eu, nem sei quem sou…
Ana Cristina de Souza – São Pulo – SP

5º LUGAR
Não tendo a grana sonhada,
da minha rede contemplo
que eu não presto para nada,
mas sirvo de mau exemplo…
Carlos Henrique Alves – Senhor do Bonfim- BA
MENÇÕES HONROSAS – TEMA GRANA

Essa grana, delegado,
eu peguei com permissão…
Combinei com o finado:
pago noutra encarnação!
Alba Helena Corrêa – Niterói

Viu que a grana estava em greve
na Funerária vazia,
porque a placa “VOLTE EM BREVE”
espantava a freguesia…
Austregésilo de M. Alves – Senhor do Bonfim-BA

– A grana…pode me dar…
– Já vi que é um ladrão cortês…
Não dá pra você pegar
só no final do outro mês?
José Feldman  – Maringá – PR

Ela diz que sai comigo
se eu lhe der trinta reais;
mas, poxa…é mulher de amigo…
– Eu acho que vale mais!
José Ouverney – Pindamonhangaba- SP

Grana curta…um desalento…
Com o cansaço a moê-lo,
o camelô, sem acento,
trabalha feito um camelo!
Pedro Melo – Curitiba – PR
MENÇÕES ESPECIAIS – TEMA GRANA

“Perdi grana na Corrida”…
– o matuto ouviu falar –
e retrucou em seguida:
-Por isso vou devagar!
Ercy Maria Marques – Bauru – SP

Casado com Graça, o Zé,
um sujeito” boa praça”,
perdeu toda a grana, até
que acabou perdendo a Graça!
 Ercy Maria Marques – Bauru – SP

Ao ouvir que ele tem grana,
o velhinho se envaidece,
mas no fundo ele se engana…
O seu “tesouro” não cresce.
Fátima Corrêa Daniel – São Gonçalo – RJ

Chico, nutrindo a paixão
por uma bela cigana…
Ela mal leu sua mão,
já passou a mão na grana.
Hélio Pedro Souza – Natal – RN

Eu morto…a grana acabando…
A coisa está tão precária
que vou ficar esperando
promoção na funerária.
  Manoel Cavalcante – Pau dos Ferros – RN
==============================

ÂMBITO MUNICIPAL

TEMA CONVERSA – LÍRICAS/ FILOSÓFICAS

1º LUGAR
Em meus silêncios, imersa,
nem tudo à volta se cala…
Mesmo sem querer conversa
teimosa a saudade fala!
Clenir Neves Ribeiro

2º LUGAR
Olho o céu e ao percebê-las,
nas asas da fantasia,
converso com as estrelas
da janela da utopia!
IVONE MARQUES MOREIRA

3º LUGAR
Na solidão não me espanto,
pois, querendo conversar,
a saudade fala tanto
que eu nem preciso falar!
Elisabeth Souza Cruz

4º LUGAR
Eu me calo… e embora tensa
o meu assunto dispersa,
quando grita a indiferença
dando um basta na conversa!
Clenir Neves Ribeiro

5º LUGAR
Não há conversa… e, entre nós
a indiferença é comum.
E o silêncio mais atroz
começa no desjejum!
Dilva Maria de Moraes

MENÇÕES HONROSAS

Quando converso com Deus
e o amor me serve de abrigo,
os sentimentos ateus
não mais conversam comigo!
Dilva Maria de Moraes

No meu dilema transverso,
fugindo à maledicência,
há coisas que eu só converso
com a minha consciência!
Elisabeth Souza Cruz

Nos meus conflitos, a esmo,
nas respostas sempre em vão,
converso comigo mesmo,
conversas de solidão!
Ivone Marques Moreira

Desdenhei… neguei carinho…
essa foi minha proposta.
Hoje converso sozinho
e não ouço uma resposta.
Sérgio Ferraz

Tom de graça na conversa
coloco para encobrir
uma saudade perversa
que eu finjo até nem sentir!
Venceslau Olival

MENÇÕES ESPECIAIS

Foi na conversa fiada,
num papo bem diferente
que começou a jornada
da longa história da gente
Adilson Calvão

Numa conversa de amigos
aprende-se muito mais
do que broncas e castigos,
ou mil conselhos dos pais!
Beth Joy 
Troféu Amâncio Mário de Azevedo – Prêmio Revelação 2015

Das conversas no portão,
disfarçando a despedida,
num breve aperto de mão,
tu levaste a minha vida!
Hermelina Schuenck

Ao relembrar um fracasso,
pelo qual eu já passei,
descubro que o meu mau passo
foi porque não conversei!!
Joaquim Carlos

Tão feliz, eu nem pergunto,
pois o brilho em teu olhar,
diz muito bem qual o assunto
que a gente vai conversar!
Venceslau Olival
———————————-

CONCURSO LOCAL – HUMORISMO
TEMA CONSULTA

1º LUGAR
Preconceito dificulta,
pois é duro pro machista,
se tocar que é uma consulta
o toque do urologista!!!
Ailto Rodrigues

2º LUGAR
Na consulta ao oculista
o rapaz se desampara:
– Como vou pagar “à vista”
se custa os olhos da cara?
Elisabeth Souza Cruz

3º LUGAR
A cartomante moderna
dá consultas no plantão…
– vira e mexe “passa a perna”
em quem vai pra ler a mão!
Elisabeth Souza Cruz

4º LUGAR
Na consulta remarcada,
volta a loura ao consultório:
– Doutor, não valeu de nada
tomar o supositório!
Ivone Marques Moreira

5º LUGAR
Raimunda atende na cama
no banheiro ou no sofá,
por isso ninguém reclama
da consulta… Que ela dá!!!
Giovanelli

MENÇÕES HONROSAS

O veterinário é um gato,
que sem temer bicho brabo,
consulta e agarra de fato
toda gata pelo rabo!!!
Ailto Rodrigues

Na consulta ousa se abrir
de um modo tão compulsivo,
que se o doutor não pedir
ela pede o preventivo!
Ailto Rodrigues

É poderosa, malhada
e o personal é exigente:
consulta de hora marcada
só depois do expediente!
Clenir Neves Ribeiro

Pra consulta ao pai-de-santo
ela entrou tão decotada,
que o “véio” a chamou no  canto
e lhe deu… uma cantada!
Dilva Maria de Moraes

Ao acordar desolado,
após a falha no leito,
diz o doutor consultado:
– Não há santo que dê jeito!
Dilva Maria de Moraes
MENÇÕES ESPECIAIS

Na consulta, o rebuliço
lá dentro do consultório
e alguém diz: “Não faça isso!
Não uso supositório!”
Adilson Calvão

Da quarta série não sai,
mas o garoto é sortudo:
– consulto o Google, papai,
que esse cara sabe tudo!
Elisabeth Souza Cruz

Na sala do urologista,
seu médico consultor:
– Prefere pagar à vista ?
– Mostra o seu dedo Doutor!!!
João Batista Vasconcellos

Era só dor de garganta,
mas o médico falou:
– Tira a roupa, minha santa! …
na consulta engravidou.
Therezinha Tavares

Alegre, fiquei propenso
a estar na “parada gay”…
Consultei o meu bom senso,
pensei muito e… me esbaldei!
Venceslau Olival
===========================================

CONCURSO ENTRE MAGNÍFICOS TROVADORES

CONJUNTO LÍRICO/FILOSÓFICO – TEMA: CORPO =  1º LUGAR:

Teu adeus roubou-me a calma
e, desde a tua partida,
arrasto um corpo sem alma
pelas estradas da vida!

Vivo em constante aflição
pois lutam dentro de mim
o coração e a razão
num corpo a corpo sem fim!

Esquecer-te, inutilmente,
eu tento em esforços vãos,
mas meu corpo se ressente
do teu corpo em minhas mãos!

Depressão é paz sem calma…
É quando o convívio instável
do meu corpo com minha alma
fica quase insuportável!

Em nosso velho colchão
teu corpo ficou marcado
como se fosse a impressão
da tua ausência ao meu lado!
Arlindo Tadeu Hagen – Juiz de Fora/MG
CONJUNTO LÍRICO/FILOSÓFICO – TEMA: CORPO =  2º LUGAR:

Diante de ti eu me inclino
e assumo a paixão insana,
pois, se o teu corpo é divino,
a minha fraqueza é humana!

Qual mar fugiria aos loucos
impulsos desse prazer
de envolver teu corpo, aos poucos,
e nele, em ondas, morrer!!?

Quando a brisa fez carícia
no seu corpo, ela tremeu.
Mas… brisa não tem malícia…
o malicioso sou eu!

Em noites quentes e mansas
vejo o tédio, ao meu redor,
esculpindo nas lembranças
um corpo que eu sei de cor!…

Depois que o cansaço invade,
depois que o corpo se dobra,
a gente engole a vaidade
e mastiga qualquer sobra!
José Ouverney – Pindamonhangaba/SP
CONJUNTO LÍRICO/FILOSÓFICO – TEMA: CORPO =  3º LUGAR:

Tua ausência não avança
dentro do meu coração…
Sinto no corpo a esperança,
expulsando a solidão!

Querendo estar ao seu lado,
eu vou seguindo seus passos…
O meu corpo apaixonado,
quer estreitar nossos laços!…

Partiste e toda ansiedade,
que eu sinto em meu corpo agora
é a saudade que me invade,
sem querer nunca ir embora!!

Sinto o corpo sem tristeza,
em direção à saída
e me aguarda com certeza,
a luz no final da vida!…

Estava a vida deserta,
no meu corpo em desamor…
Hoje a emoção me desperta,
para encontrar novo amor!…
Marilúcia Resende – São Paulo/SP
———————————————————

TROVAS LÍRICAS/FILOSÓFICAS = TEMA – CORPO =  TROVAS ISOLADAS:

1º LUGAR:
Quando a brisa fez carícia
no seu corpo, ela tremeu.
Mas… brisa não tem malícia…
o malicioso sou eu!
José Ouverney – Pindamonhangaba/SP

2º LUGAR:
Diante de ti eu me inclino
e assumo a paixão insana,
pois, se o teu corpo é divino,
a minha fraqueza é humana!
José Ouverney – Pindamonhangaba/SP

3º LUGAR:
Vivo em constante aflição
pois lutam dentro de mim
o coração e a razão
num corpo a corpo sem fim!
Arlindo Tadeu Hagen – Juiz de Fora/MG
————————————————–

CONCURSO MAGNÍFICOS =  CONJUNTO HUMORÍSTICO – TEMA: PESO

1º LUGAR:
Pesado de dar desgosto,
do meu corpo eu ando cheio:
uma foto do meu rosto
pesa uns três quilos e meio!

Deu calote no doutor
que fez-lhe a “lipo” sonhada…
E, hoje busca um “redutor”
pra consciência pesada!

O presidente da empresa,
antipático e pesado,
quando sentava-se à mesa,
era, sempre, o mais… prezado.

Foi pesado e popular,
hoje é magro e rejeitado.
Agora, quer engordar
por sentir-se “despesado”.

O “santo” pesava tanto
quando era vivo, que, agora,
somente uns três pais de santo
pra mandar o “santo” embora!
Sérgio Ferreira da Silva – São Paulo/SP

 CONJUNTO HUMORÍSTICO – TEMA: PESO 

2º LUGAR:
Caiu um vaso e atingiu
o corrupto, sem decência…
Primeira vez que sentiu
um peso na consciência!

Foi pugilista afamado
e envelheceu fraco e torto…
O campeão peso-pesado,
hoje é em dia… é um peso morto!

Na hora “H” da paixão,
sentindo o peso da idade,
ele dá uma explicação:
– É a tal “Lei da Gravidade”.

Assediou a pequena
aproveitando o blecaute…
A garota é peso-pena
e o velho foi a nocaute!

Amantes… tamanho P…
– as magras são preferidas –
A esposa gorda é GG…
“Dois pesos… duas medidas”.
Therezinha Diegues Brisolla – São Paulo/SP

 CONJUNTO HUMORÍSTICO – TEMA: PESO

3º LUGAR:
Mulher de peso a danada…
Afirmo com segurança,
porque, semana passada,
me estraçalhou a balança!

A esposa do equilibrista
tanto engordou, que ele, obeso,
virou halterofilista,
para aguentar tanto peso.

Devia viver na rinha,
(todos sabem de quem falo)
pois, aqui fora, é um “galinha”,
quando luta, é peso-galo.

Piloto na mocidade,
Agora não mais se atreve.
Sentindo o peso da idade,
Só quer voar… de ultraleve!

“Consegui tirar um peso
da cabeça, meu velhote.”
E seu amigo, surpreso:
– Onde jogaste o caixote?

Antonio Carlos Teixeira Pinto – Brasília/DF
—————————————
CONCURSO MAGNÍFICOS =  CONJUNTO HUMORÍSTICO – TEMA: PESO

TROVAS ISOLADAS

1º LUGAR:
O “santo” pesava tanto
quando era vivo, que, agora,
somente uns três pais de santo
pra mandar o “santo” embora!
Sérgio Ferreira da Silva – São Paulo/SP

2º LUGAR:
To toda descadeirada,
diz a pata no banhado:
– O pato não pesa nada,
mas o ganso é tão pesado…
Campos Sales – São Paulo/SP

3º LUGAR:
Pesadelo é despertar,
de um sonho com mulher boa,
e depois ter que encarar
dez arrobas de patroa!
Campos Sales – São Paulo/SP

OBS:  material gentilmente pela Presidente da Seção da UBT de Nova Friburgo, trovadora/jornalista ELISABETH SOUZA CRUZ, em 04.06.2015