Histórico

HISTÓRIA DA UBT/SEÇÃO DE ITAJAÍ – SC.

 Antes da criação da UBT/Municipal “Seção de Itajaí”, já existia a Delegacia Municipal da UBT, que funcionou por um período aproximado de dois anos, a cargo do trovador Ari Santos de Campos, seu primeiro e único delegado.

Esse processo de transação e mudanças aconteceu com o objetivo de no futuro criar a UBT Estadual de Santa Catarina.

Então, no dia 16 de abril de 2011, por iniciativa do próprio delegado, foi criada a UBT/Municipal “Seção de Itajaí” para funcionar, inicialmente, em uma das salas da Biblioteca Pública Municipal de Itajaí, na Rua Heitor Liberato, nº 1.100.

O evento ocorreu durante os festejos dos “IV Jogos Florais de Balneário Camboriú “Troféu Arlindo Tadeu Hagen”, em Sessão realizada no palco do Salão Nobre da Sociedade Guarani, da mesma cidade, com a presença de trovadores e autoridades trovadorescas de níveis nacional, estadual, municipal e inclusive internacional, tais como: Carolina Ramos (naquela época) presidente do Conselho Nacional da UBT; Arlindo Tadeu Hagen, vice-presidente da UBT Nacional; Gislaine Canales, presidente da UBT de Balneário Camboriú/SC; Maurício Norberto Friedrich, presidente da UBT Estadual do Paraná; Carlos Eduardo Rodrigues Sanchez, representante da UBT nacional da Venezuela; Carolina Ramos, presidente da UBT de Santos/SP; Maria Luiza Walendowsky, presidente da UBT de Brusque/SC; Ângela Desirée Palácios, representante da UBT regional de Barquizimeto/Venezuela;  Zulma Nicolini, presidente da Sociedade Argentina de Escritores de Gualeguaychú/Argentina;  Isaque de Borba Corrêa, presidente da Academia de Letras de Balneário Camboriú/SC; Álvaro de Castro, presidente da Academia Itajaiense de Letras de Itajaí/SC; Selma Patti Spinelli, presidente  da UBT de São Paulo/SP; Andréa Motta, presidente da UBT de Curitiba/PR; Flávio Roberto Stefani, presidente da UBT de Porto Alegre/RS; Dalvina Fagundes Ébling, presidente da UBT de Cruz Alta/RS; Professor  Garcia, presidente da UBT de Caicó/RN; Estela Marina, presidente da UBT de Bandeirantes/PR; Alice Brandão, presidente da UBT de Caxias do Sul/RS; Sonia Maria Martelo, presidente da UBT de Ponta Grossa/PR;  José Valdez de Castro Moura, presidente da UBT de Pindamonhangaba/SP; Neoly de Oliveira Vargas, delegada da UBT de Sapucaia do Sul/RS, além de vários outros trovadores de diversas cidades do Brasil: Antonio Augusto de Assis da UBT de Maringá/PR, José Lucas de Barros da UBT de Natal/RN, Cornélio Afonso Capaverde e Luiz Hélio Friedrich da UBT de Curitiba/PR, Glédis Tissot, Efigênia Coutinho e Eliana Jimenez da UBT de Balneário Camboriú/SC e outros.

A Sessão foi presidida pelo vice-presidente da UBT/Nacional, trovador Arlindo Tadeu Hagen que, por sua vez – depois de procedidas as formalidades Regimentais e Estatutárias – declarou fundada a UBT/Municipal “Seção de Itajaí”, com a seguinte Diretoria:

Presidente – Ari Santos de Campos

Vice Presidente da Administração – Edite Edeltraud Post Alves

Vice Presidente de Cultura – Édison D’Ávila

Vice Presidente de Rel. Públicas – Alaércio José Lopes

Vice Presidente de Finanças – João Kleis

Secretário – Odir Antonio Lehmkuhl

Secretária de Eventos – Luiz da Silva

Conselho Fiscal – John Artmann

Conselho Fiscal – Édson Luiz Maurici

Conselho Fiscal – Joel de Oliveira Gonçalves

Suplente do Conselho – Sonia Maria Alves

Suplente do Conselho – Paulo Roberto de Souza

Suplente do Conselho – Maria Teresinha de Souza.

Ao encerrar a Sessão houve diversas manifestações de apreço e várias declamações trovadorescas, proferidas por renomados trovadores que participavam do evento.

Nos primeiro ano de funcionamento (2011/2012), além das Reuniões regulares, a UBT de Itajaí se preocupou, primordialmente, com a divulgação da trova, sem limites de fronteiras, e assim o fez a partir da Revista literária “Sopa de Siri”, única da região exclusiva nessa área, que tem como editor o advogado Álvaro de Castro, o qual promove e divulga da arte literária a nível regional com grande sucesso: em uma de suas páginas destinadas à poesia, a UBT de Itajaí aparece em destaque, em todas as edições, com uma trova de autoria de um de seus membros, acompanhada inclusive com foto do próprio autor.

Numa segunda etapa, também na divulgação da trova, a UBT de Itajaí, ao longo desses dois anos, através de seu presidente, Ari Santos de Campos, se fez representar a diversos eventos culturais de alta importância, tais como: IV Jogos Florais de Balneário Camboriú em 2011; II Encontro Catarinense de Escritores de Alfredo Wagner e Região/SC, em 2011; XXI Jogos Florais de Porto Alegre em 2011; XVII Jogos Florais de Curitiba de junho em 2012; I Jogos Florais de Trovas de Concepcion no Chile em 2012 e (anteriormente como delegado), I Jogos Florais do Caribe em 2009; XVI Jogos Florais de Curitiba de 2010; e III Encontro Internacional de Escritores de Gualeguaych/ Argentina em 2010.

Agora, em outubro próximo, ao encerrar a primeira Administração, que foi de um ano, a UBT “Seção de Itajaí”, haverá de realizar novas eleições para garantir a segunda Administração, agora de dois anos, conforme Estatutos, tendo como início 1º de janeiro de 2013 e encerramento 31 de dezembro de 2014.

E, nesse período próximo de dois anos, espera-se também que seja dada a prioridade de seus trabalhos no processo de divulgação da trova, tão carente a um povo que não teve como herança o hábito de exercício da literatura trovadoresca.

 

Itajaí, 17 de setembro de 2012.

Ari Santos de Campos

– presidente –