Trovas

Trovas vencedoras (Estado do Paraná)

XVII – Jogos Florais de Curitiba (2012) Tema: Tesouro – Âmbito Estadual 1º lugar/Antônio Augusto de Assis (Maringá-PR) Dentre o bem que o filho espera receber por transmissão, tesouro nenhum supera o exemplo que os pais lhe dão. 2º lugar/Roza de Oliveira (Curitiba) Além de ser um tesouro – é a dúvida – instrumento que […]

TROVAS INESQUESSÍVEIS

Depois que, mãe, tu partiste, como uma santa em seu véu, o céu que eu via tão longe ficou mais perto, e mais céu… Adelmar Tavares A mesa, agora, deserta, no bule, o café já frio… E pela porta entreaberta a dor de um grande vazio! Francisco Macedo Surpreendente maravilha a que agora me acontece: […]

TROVAS MINHAS (Ari Santos de Campos)

Sobre o mar sereno e triste vou remando à luz da sorte.  Porque ponte não existe  na passagem para a morte. x.x.x. Justiça não mete medo pela palavra que tem… Dá medo, não é segredo, é da injustiça de alguém. x.x.x. Quando me for desta vida, não quero choro, senão uma velinha acendida com flores […]