Sonetos

A Casa Caiu

Na casa quimera eu sou mais feliz: – lá canto com ela a nossa canção e gosto do canto, assim como fiz, ouvindo com tino o meu coração. No canto da vida, que me condiz, há paz que apazigua, como pendão, o belo viver – amores febris – que a vida apetece, com a paixão. […]

NUVENS DE FADA

Nuvem de fadas há certo momento, vira miragem por todo luar… Vulto demente, com o seu talento, lá faz a minha alma perambular.  Junto dos sonhos vou solto no vento, longe de tudo e de todo zumbar… Meus desatinos, em são sacramento, jazem-se ao fluxo e refluxo do mar.  Numa visagem o meu anjo-bento larga […]

NO ÉDEN

Hoje eu só quero saber onde estás: Vou enlaçar os meus sonhos aos seus, sei que em seu mundo não pesam jamais sonhos feridos unidos aos meus.  Minhas malicias ficaram pra trás: não trilharei mais caminhos ateus… Busco meu mundo repleto de paz, tal qual um éden – viver semideus.  Neste meu vale sem cor, […]

TRILHAS DA VIDA

Nas trilhas da vida meu sol se enlaça às trevas da noite e à farsa de alguém que vive zombando e impondo desgraça a quem nunca soube amar muito bem.  Por isso é que eu bebo o sacro da taça e sinto o seu fel descendo que nem a vida que eu levo (sina devassa) […]

NA TUMBA

À face da noite sem trégua se entrosa às fadas e bruxas, à luz da magia… Aos berros os bravos com dor pavorosa acordam à noite da melancolia. De muitos aromas o cheiro da rosa infesta essa noite medonha e sombria, enquanto que aos prantos a musa melosa se abraça na lira em vivaz melodia. […]

SER POETA

Tingida de sonhos as noites me vêm com  asas quimeras do meu querubim: em vôo, de repente, descubro no além os versos perdidos, num vago confim. Abraço esses traços e junto também os dogmas impostos às vidas e assim vou destro na fonte e me torno refém das bravas mazelas grudadas em mim. No horto […]

OH PAI, ME LEVAI !

Eu quero apagar, tira-lo da mente, o vulto da cena visto em um dia: do luto o meu choro, tão comovente que a fala esmorece e a voz balbucia. O povo aparece e por conseqüente, faz a procissão, com “Ave-Maria”, prossegue nas ruas, tendo na frente, a cruz e um esquife entre a romaria. E […]